quinta-feira, 15 de julho de 2010

Curando Feridas

Durante nossa vida muitos acontecimentos nos marcam positiva e negativamente, palavras de efeito negativo nos ferem deixando feridas abertas que demoram ou nunca cicatrizam, palavras amargas criticas destrutivas falta de compreensão muitas vezes faz com que nossa alma adoeça diferentemente de palavras positivas, que nos impulsioam nos dão forças para seguir em frente sem desistir dos objetivos.

E guardamos isso em nosso coração e na mente e la fica por muito tempo, e é tão terrível que acabamos ficando igual aqueles de quem fomos vitimas, nos tornando pessoas amargas de mal com o mundo, culpando a Deus e a todos pelo peso que carregamos, peso esse que nos machuca, e o que fazer então diante dessa situação?, como nos livrar de tal peso que nos sufoca?.

A resposta é simples meu caro amigo, perdoando aqueles que te feriram, esquecendo o passado deixando para traz tudo o que houve de negativo em sua vida, deletando palavras, ações e gestos que a tanto tempo te fazem sentir um peso tão grande que este lhe sufoca o próprio respirar.

Já ouvi muitas pessoas falando que somente Deus pode perdoar digo que sim Deus perdoa mais nós também devemos dar o perdão, pois o próprio filho de Deus nosso Senhor Jesus Cristo pregava a respeito de se perdoar os erros de um irmão, Mateus 6:14,15: “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.” .

Quando perdoamos aqueles que nos ofendem nos libertamos da prisão da amargura e da tristeza que assola nosso espírito, essa atitude nos liberta e nos deixa leve, quem carrega sentimentos amargos sente-se fisicamente cansado, sofre de insônia, seus trabalhos não rendem sua vida não tem sentido.

Portanto vamos praticar o ato do perdão, ele é um remédio muito eficaz e capaz de curar feridas abertas e só depende de você querer usa-lo!.


Texto de Rubemar Moraes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário